Para o bem de todos os condôminos, é necessária uma boa gestão de condomínios. Não é com certeza uma responsabilidade fácil de se ter, mas é de extrema importância. Veja abaixo 9 dicas para ajudar a ter uma gestão de condomínios mais eficiente:

1 – Se relacionar bem com os outros moradores do condomínio é essencial. Escute todos e tente sempre trazer a melhor solução para a maioria. Nem sempre vai ser possível agradar todo mundo, mas procure explicar os benefícios da decisão tomada.

2 – Tenha sempre um bom planejamento, seja para lidar com o dinheiro, seja para convocar reuniões. O planejamento ajuda você a ser organizado com tudo que o condomínio precisa.

3 – Contrate uma boa equipe de trabalho e saiba lidera-la com eficiência. Uma boa comunicação com os funcionários também é essencial. Aprenda como delegar tarefas de forma justa e a ouvir todos. A equipe de trabalho vai ser responsável pela qualidade dos serviços prestados dentro do condomínio. Bons serviços deixa os condôminos felizes e evita problemas e reclamações. Contratar empresas terceirizadas e especializadas no trabalho que deverá ser realizado também é ideal para manter um condomínio com boa manutenção.

4 – Mantenha controle sobre o dinheiro. Aprenda como controlar todos os gastos e ganhos do condomínio. Ficar sem dinheiro para realizar os serviços necessários vai atrapalhar muito a realização de uma boa gestão. Planeje os gastos mensais, como luz, água, salário dos funcionários e impostos, guarde um pouco e veja quanto é possível gastar com outras coisas necessárias. Procure ter uma assistência contábil. Um profissional nesse ramo vai ajudar muito a manter as despesas sobre controle, principalmente quando se tratar de pagamentos de impostos.

5 – Conheça a legislação que rege a vida em condomínio. Saiba seus direitos e deveres e também os direitos e deveres dos demais moradores. É interessante saber ainda as leis municipais e estaduais. Contratar uma assessoria jurídica também seria uma ótima ideia.

6 – Faça regras para que exista uma boa convivência. Estabeleça como podem e devem ser usados as áreas comuns, assim como limites quanto barulhos, reformas, mudanças. Mostre para todos os condôminos quais são seus direitos e deveres e o que podem ou não fazer.

7 – Invista em segurança e tecnologias, como câmeras e monitoramentos, botões de pânico, cadastro de biometria. Torne seu condomínio seguro e confortável para todos.

8 – Faça a prestação de contas. É importante para sua organização e ainda ajuda a ganhar a confiança dos outros moradores. Para isso, basta fazer uma caixa de reservas de dinheiro, em caso de emergências, ter sempre as notas fiscais de compras ou serviços prestados guardados, realizar no mínimo 3 orçamentos antes de começar alguma reforma ou serviço no condomínio. Após isso, em cada fim do mês, promova uma reunião para explicar aos condôminos tudo o que foi feito.

9 – Além da boa comunicação e abertura para conversar sobre os problemas que acontecem, seja receptivo e peça feedback aos condôminos sobre sua gestão e trabalhos realizados.

Até a próxima e muito sucesso no seu condomínio.

 

Família Super Condomínios

Deixe o seu comentário